Novidades da Semana do Arthur

Essa semana tem sido de novidades, a começar pelos primeiros passos por iniciativa própria do Arthur.

Temos trabalhado o equilíbrio do Arthur para ele caminhar, isso já faz 3 meses ou mais, e ele evolui a cada dia.

Na segunda-feira ele deu uma grande prova de que seu início de caminhar com firmeza está bem próximo. Eu estava com ele no quarto, coloquei-o no chão do quarto em pé sozinho e imediatamente ele levou as mãos a cabeça. Em seguida saí do quarto e ele permaneceu parado no meio do quarto. O mais importante – sem apoio nenhum. Como ele não saía do lugar perguntei para ele “Onde está o papai?” (que estava na sala) e ele inicou a caminhada do seu quarto até a sala. Interessante é que não tínhamos visto ele andar tanto e dessa forma mais lenta . Além disso ele fez as curvas do caminho sem perder o equilíbrio. Ficamos muito felizes com sua evolução.

Na terça-feira o papai do Arthur tinha uma viagem de trabalho programada, só deve voltar hoje a noite. O dia começou normal, como sempre, a surpresa veio à tarde, pouco

Primeiros passos do Arthur
Primeiros passos do Arthur

depois das 16h me ligaram da escolinha do Arthur com um discurso para eu não me apavorar e falaram que ele tinha tropeçado e batido a cabeça na parede. Como mãe de primeira viagem saí correndo para a escolinha que é próximo ao meu local de trabalho. Chegando lá a situação já estava sob controle, o Arthur já não estava chorando e estavam fazendo compressa com gelo em seu mega “galo” em tom roxo que ele possuia do lado direto da testa.

As professoras me explicaram como aconteceu, basicamente: ele se levantou usando um briquendo e um coleguinha como apoio inicial, começou a andar, tropeçou e bateu a cabeça na parede (duas vezes). Na escolinha fizeram todos os testes básicos para ver se ele não tinha sofrido nenhum trauma e ele respondeu bem a todos. Fiquei com ele o resto da tarde observando e no final nem precisei levar ao médico, pois ele estava agindo normalmente com tudo.

Arthur na poltrona da sala - subiu sozinho
Arthur na poltrona da sala – subiu sozinho

Ainda na terça, mais à noite, deixei ele na sala brincando e fui para a cozinha organizar algumas coisas. Ele estava em um silêncio absoluto, achei muito estranho, me virei e ele havia subido na potrona de amamentação que temos na sala, já estava com o controle remoto da tv na mão (estava na mesa ao lado da poltrona) e todo feliz lá estava ele sentando na poltrona. Isso foi um grande susto, eu nunca tinha visto ele subir ali, não sei até agora como ele fez, não tinha nenhum apoio próximo. Lentamente foi da cozinha até a sala, no caminho peguei o celular e bati a foto ao lado.

Ainda na terça (essa terça rendeu), ele estava sentado em sua cadeirinha assistindo um de seus desenhos, levantou, sem apoio, deu dois passos até o meio da sala e começou a dançar, fez isso por duas vezes, nenhuma vez se apoio para levantar.

Continuando a nossa terça, ele conseguiu abrir a porta do banheiro, não estava bem fechada, entrou e logo bateu a porta com ele no lado de dentro, foi questão de segundos, estava super ativo, parece que ficamos horas fazendo coisas, mas ele foi dormir bem cedinho, as 20:30h.

Ontem, não teve muitas novidades, ele continua com suas caminhadas com as mãos na cabeça, ainda não achou seu equilíbrio. Fomos visitar nossa tia e lá deu mais passinhos e foi dormir relativamente cedo também, às 21h sem problema nenhum.

Enquanto vem a felicidade de ver nosso filho dar seus primeiros passos também vem a angústia e a preocupação com os tombos, mas ele já aprendeu a descer do sofá, já deixei ele descer sozinho (monitorando) e ele consegue sem problemas, isso já é um alívio, pois se ele consegue subir ele sabe como descer sem ser de uma forma kamikaze.

Facebook Comments

Post Author: cleu