Língua de sinais para bebês

Vocês sabiam que é possível ensinar a língua de sinais para os bebês?

Mas para que ensinar a língua para sinais para um bebê que não é mudo e não possui problemas de audição?

Vamos com calma.

Primeiro, o que é a língua de sinais? Língua de sinais é uma forma de comunicação não verbal, conduzida por gestos. Sempre foi muito comum na história entre surdos e mudos e existem várias línguas reconhecidas oficialmente, tal como a LIBRA – Língua Brasileira de Sinais.

A língua de sinais é muito associada a surdos e mudos, mas não necessariamente precisa ser assim. Hoje sabe-se que certos primatas como os chimpanzés são capazes de aprender a língua e expressar sentimentos e necessidades.

Mas enfim, esse post é sobre humanos. Não vamos misturar (apenas mostrar o potencial reprimido de comunicação que pode existir).

O ponto interessante é que alguns meses antes de ser capaz de falar o bebê já pode começar a se comunicar. Estudos de Bonvillian & Folven indicam que a primeira palavra sinalizada vem em média dois meses antes da palavra falada.

Isso se deve ao fato de um bebê com menos de 10 meses não possuir as condições físicas necessárias para falar. Ele já entende muitas palavras mas não consegue expressar.

A partir dos seis meses o bebê começa a desenvolver a coordenação motora de forma muito rápida, e pode então aprender a língua de sinais.

A língua de sinais para bebês é algo muito incomum no Brasil, mas é cada vez mais comum em outros países. Nos Estados Unidos a língua usada é o ASL – American Sign Language, algumas vezes com alguns sinais levemente adaptados para facilitar o aprendizado.

Em resumo, os benefícios para o bebê são os seguintes:

  1. Redução de frustração por conseguir pedir as coisas mais cedo
  2. Aumento de auto-confiança por conseguir se expressar
  3. Desenvolvimento mental. A aquisição de uma outra língua modifica demais a cabeça de uma pessoa. Isso feito no início da vida tem consequências positivas para sempre. Vários estudos mostram que pessoas que sabem mais de uma língua tem maior potencial em QI e de sociabilidade
  4. Melhor desenvolvimento do vocabulário oral

 

 

Facebook Comments

Post Author: mario