Dia dos pais, um dia para refletir

Bom dia pessoal!

Hoje é um dia especial. É um dia para eu lembrar do meu pai, do meu avô, mas é também meu primeiro dia dos pais como pai.

No ano passado, nesta época, faltavam apenas algumas semanas para o nascimento do Arthur. Naquele dia eu tinha ido à Igreja e ganhei, junto com todos os outros pais, uma caneta de presente. Pode não parecer nada mas para mim foi muito especial.

Hoje acordei cedo. Essa semana que passou não tem sido fácil, pois o Arthur estava doentinho e meu sogro ficou mal pois foi mordido por um cachorro em Maravilha, então tem sido uma semana tensa. Acordei cedo e sem sono. Mas logo também o Arthur e a Cleu acordaram e recebi dois grandes presentes: um abraço duplo da mamãe e do Arthur e uma caneca com a foto do Arthur e uma frase: “Feliz dia dos pais!”

Presente de dia dos pais do Arthur
Presente de dia dos pais do Arthur

Pai é aquela pessoa que está sempre ali conosco, para ajudar e compreender. Aquela pessoa que nós não somente admiramos, mas também por muitas vezes esperamos até demais sem ser grato de forma correspondente. Uma pessoa de muitas responsabilidades conosco, desde os primeiros cuidados e carinhos até a educação e valores. Estes dois últimos itens, em especial, são difíceis de repassar, pois por mais que se fale, o aprendizado do filho virá com o exemplo.

Três gerações Ishikawa
Três gerações Ishikawa

Meu pai sempre foi para mim o maior exemplo de homem, e assim tem que ser para qualquer pessoa. Meu pai é uma das pessoas mais humildes e altruístas que eu conheço. Sempre tranquilo, e sempre preocupado com o trabalho. Até paciente demais com a minha mãe (hehehe).

Toshio e Netinho
Toshio e Netinho

Tão importante como o meu pai, foi também o meu avô Neno (Ângelo Crevin). Procurando fotos para colocar aqui foi impossível não derramar algumas lágrimas. Estava aqui olhando, pensando nele e de repente o Arthur apareceu do meu lado sorrindo e engatinhando. Foi nesse momento que chorei, e peguei o Arthur no colo para ele olhar as fotos. Nessa hora, vi duas gerações tão distantes mas tão próximas através de mim. Meu avô se foi mas seu legado de valor será certamente repassado ao meu filho.

Vô Neno - Ângelo Crevin
Vô Neno – Ângelo Crevin

Tal como o meu pai, meu avô sempre teve muito orgulho de trabalhar bastante, correr atrás do que queria, e também tinha paciência demais com a minha avó (acho que isso eu não puxei deles hehehe).

Vô Neno e Mario (Netinho)
Vô Neno e Mario (Netinho) – Foto na casa da vó da Cleu em Maravilha, SC

Estou ainda engatinhando como pai. Apesar de todo o meu cuidado, todos os meus estudos para poder ser um bom pai e poder compartilhar esse conhecimento com pais ainda mais novos neste blog, sei que ainda vou ter muito a aprender. E cada pai tem sua história, seu passado. Alguns vão ter mais sorte, outros terão uma vida mais difícil, mas o importante é levar o conhecimento com as experiencias adquiridas. Certamente vou ter que recorrer ao meu pai e ao meu sogro ainda muitas vezes. Nessa vida de pai, vejo que estar preparado, estudar novos livros como faço, correr atrás novidades na área da saúde e educação, são tudo coisas muito importantes. Mas muita coisa, muita mesmo, a gente só consegue perceber e assimilar no dia a dia, vivendo.

Sempre fui do tipo de pessoa que consegue saber o que vai sentir antes da coisa de fato acontecer. Mas como pai, isso não tem sido mais verdade. Cada dia é uma sensação nova, um aprendizado que vem apenas quando as coisas acontecem.

Tem dois pais de grande importância que infelizmente não conviveram comigo durante meu crescimento, que foram meu avô materno Mario Gonsales e meu avô paterno Gansuy Ishikawa. Este eu conheci, mas era muito pequeno e não me lembro. Meu nascimento foi uma benção para o meu avô, e fez com que meu pai e ele voltassem a se falar. Bom, para quem ficou se perguntando quem era então meu avô Neno, ele era padrasto da minha mãe.

E também tem o meu sogrão, que é um paizão e um grande avô.

Edilo
Edilo

Ele e meu pai tem jeitos muito parecidos. Ambos são quietos, trabalham bastante e tem o mesmo senso de humor.

Edilo e Toshio
Edilo e Toshio

Essa semana meu sogro foi mordido por um cachorro e foi para o hospital, mas graças a Deus tudo corre bem.

Arthur e vovô Edilo
Arthur e vovô Edilo

O vovô Edilo tem um carinho muito especial com crianças, e mesmo morando longe está sempre por perto participando do crescimento do Arthur e no nosso dia a dia como pais. E foi ele com a minha sogra que trouxeram ao mundo essa mulher especial que é a mãe do Arthur.

Cleu e Edilo
Cleu e Edilo

O Arthur tem a sorte de ter três avôs: o meu pai Toshio, que mora em Guarulhos, o meu sogro Edilo, que mora em Maravilha e o tio da Cleu Walter, que mora em Florianópolis e está sempre perto do Arthur.

Walter, Edilo e Toshio
Walter, Edilo e Toshio

Hoje é um dia para pensar sim. Lembrar das coisas boas do passado, mas isso para poder levar adiante as boas experiencias e aprendizados pois tenho uma grande responsabiliade pela frente.

Mario e Arthur
Mario e Arthur
Facebook Comments

Post Author: mario