Seja bem vindo ao mundo Thomas

Oi pessoal! Temos uma ótima notícia. Chegou mais um novo membro para a nossa família! Mais um menino. O blog andava meio parado mas um acontecimento assim certamente traz ânimo para continuar escrevendo. Nesse assunto ficamos discretos no blog, sem fazer menção mas agora compartilho um depoimento bem completo da gravidez e nascimento… do Thomas. Esse é o nome do irmãozinho do Arthur. Foi tudo planejado, ou melhor dizendo, fomos tentando. Até que um dia recebi a notícia da minha esposa que ela estava novamente grávida. Ela já tinha uma requisição de exame de sangue foi fazer o exame para confirmar. Ficamos muito contentes.

Nascimento do Thomas
Nascimento do Thomas

 

Com isso ela marcou a primeira consulta de pré-natal, e foi mais uma vez uma pesquisa atrás de um bom profissional para acompanhar o pré-natal. Estávamos bem satisfeitos com o médico que fez o primeiro parto, porém ele não estava mais aceitando o nosso plano de saúde (Unimed) para consultas de pré-natal. Como a primeira consulta tinha que ser feita em breve de qualquer forma, minha esposa marcou com um ginecologista na Clínica Bela Ilha, em Florianópolis. Fui junto na primeira consulta e tivemos uma ótima boa impressão. O médico era bem atencioso e cauteloso. Contando um pouco da história dele descobri que ele substituiu um antigo amigo meu como médico na Base Aérea de Florianópolis. A próxima foi marcada com ele também. Fiz uma pesquisa no Facebook e descobri que tinha uma amiga em comum com o médico. Ela fez uma boa recomendação e fomos seguindo com ele. E foi uma excelente experiência da primeira consulta ao parto com o carismático Dr. Diego Di Marco Ataides. Sempre aberto a entender as vontades da nossa família.

Arthur ouvindo o coração do irmão durante a consulta
Arthur ouvindo o coração do irmão durante a consulta
34 semanas
34 semanas

A segunda gravidez tem suas diferenças. Você está mais experiente e sem tanta ansiedade com tudo. Com o primeiro, tudo é novidade, e tudo parece mais emocionante, mas será? No meu caso, vejo que fiquei menos ansioso e com isso pude aproveitar com mais calma a gravidez em si. Na primeira vez, eu não via a hora do filho nascer logo de uma vez. Com o Thomas, pude aproveitar e conversar com ele ainda na barriga, cantar, e o Arthur ainda ajudou. Tocamos música clássica para ele, não muitas vezes, como beta testers do aplicativo Nuryl. O Arthur pareceu ter gostado também.

cha de fraldas
Chá de fraldas

Tal como o Arthur, o Thomas também foi crescendo bastante, estando por volta do percentil 94 em peso estimado. Foi feito um exame para verificar a possibilidade de diabetes e foi descartado. Na verdade a minha esposa tem um histórico de bebês grandes na família. 

Já tínhamos quase tudo preparado, em função do primeiro filho. Banheira, carrinho de bebê, bebê-conforto. Sendo outro menino ficou mais fácil ainda. O que tínhamos guardado de roupa pôde ser tudo aproveitado. 

Pudemos reunir bastante amigos e familiares no chá-de fraldas, escolhemos os padrinhos, compramos um novo berço, já que o do Arthur foi convertido em cama. Também fizemos umas alterações no quarto para ter mais espaço.

Com tudo preparado, todos os ultrassons feitos, finalmente chegou o grande dia. Comparado com o primeiro parto, feito na Maternidade Santa Helena, este segundo parto no Hospital Ilha (ambos em Florianópolis, SC) foi bem diferente. Bem mais pessoal, eu diria. Não posso fazer uma comparação justa pois estamos falando de uma janela de cinco anos. O médico pediu para a minha esposa passar para ele uma lista de músicas para tocar na hora do parto. Ela fez uma lista no Spotify e compartilhou com ele. A equipe parecia estar tão ansiosa quanto os pais.

E então nasceu. O Dr. Diego teve todo o cuidado de fazer com que a Cleu visse o Thomas logo no primeiro momento. E nesse primeiro momento em que ele apareceu, não pude conter minha emoção. Foi amor a primeira vista. Já tinha muito amor e carinho por ele quando ainda estava no útero mas vê-lo saindo e chorando me despertou um sentimento inexplicável. Como se o amor multiplicasse. Parecia impossível amar mais uma pessoa como eu já amava o Arthur e ao ver o Thomas foi o que aconteceu. Cortei o cordão umbilical e logo em seguida me deram para eu segurar. Fiquei ao lado da Cleu com ele por alguns minutos e então acompanhei quando fizeram os primeiros exames e colocaram a roupa. Pude acompanhar todos os momentos, inclusive o momento de recuperação. E realmente nasceu grande. Com 39 semanas e 5 dias, nasceu com 4kg e 52cm.

Nasceu o Thomas e nasceu mais um pai, por incrível que pareça. Seja bem vindo Thomas!

 

Facebook Comments

Post Author: mario