Mais um capítulo na novela polêmica das chupetas

A chupeta, ou bico, sempre é assunto para muita discussão. Há quem abomine e há quem defenda, dizendo que os benefícios psicológicos superam os problemas. O fato é que a chupeta realmente acalma o bebê (seu nome em inglês é pacifier).

No nosso caso, a própria maternidade Santa Helena de Florianópolis recomendou o uso da chupeta para estimular a sucção. Se fizeram certo não sei. Já tínhamos comprado para se precisasse, mas a princípio não iríamos usar.

Ultimamente tem sido um consenso entre médicos que a chupeta atrapalha a amamentação.

Mas, sempre tem alguém para vir com um novo estudo descobrindo coisas contrárias. É interessante os médicos e novas pesquisas sempre surgem com opiniões contrastantes. É assim com café, bebida alcoólica, etc.

Um estudo recente foi feito nos EUA, no Oregon Health & Science University’s Doernbecher Children’s Hospital, onde a chupeta deixou de ser distribuída. O resultado foi que 79% dos bebês do período em que as chupetas eram distribuídas continuavam com alimentação exclusiva no peito, contra 68% dos que não receberam. Apesar disso, apenas esse estudo é muito pouco para que a prática seja estimulada visando a amamentação.

Muitos pediatras são unânimes em recomendar a chupeta, mas desde que a amamentação já tenha sido estabelecida com sucesso. No nosso caso, a chupeta foi recomendada para ajudar na amamentação, tal como o estudo verificou.

Chupeta
Chupeta
Facebook Comments

Post Author: mario