Estimulando o bebê – Semana 1 – Visual e Motor

A semana 1, ou segunda semana de vida, foi bem mais tranquila do que a primeira semana. Sem hospital, o Thomas passou toda a semana tranquilo em casa. Nem tão tranquilo. Quando está com fome a coisa fica feia. Com relaçao aos estímulos, seguimos usando o livro Slow and Steady Get me Ready e o blog DomanMom, que usa como referência os livros do Glenn Doman.

thomas careta
Thomas fazendo careta

Continuamos com o tummy-time, com o Thomas deitado de bruços em meu peito e levantando a cabeça. E nessa semana introduzimos imagens de alto contraste de cores de forma mais organizada, através de imagens impressas do site DomanMom, um cartão que a minha esposa fez manualmente e vídeos no YouTube como esse. O Thomas se mostrou muito interessado nos cartões, e já olhava com muita curiosidade nosso papel de parede no quarto que possui várias figuras pretas e cinza sobre fundo branco.

Thomas olhando para uma imagem de alto contraste
Thomas olhando para uma imagem de alto contraste

Do livro Slow and Steady Get me Ready veio a atividade de mostrar diferenças de luz, como por exemplo, acender um abajur próximo ao bebê e estimulá-lo a procurar a luz. Fizemos isso de forma ordenada umas duas vezes por dia.

A combinação brasileira de japonês com alemão
A combinação brasileira de japonês com alemão

Na amamentação ele se mostrou bem decidido… decidido a tirar a mão da Cleu do peito dela, como se fosse um obstáculo. Chega ser engraçado vendo aquela mãozinha tão decidida.

Um rapaz de muitas faces
Um rapaz de muitas faces

Com relação a linguagem, seguimos com o OPOL (One Parent, One Language). Minha esposa falando em português e eu em inglês. Tenho cantado diversas músicas, entre elas: You are my Sunshine, Twinkle twinkle Little Star, The Wheels on the Bus e 93 Million Miles. Já o Arthur alterna, a depender do contexto. Se tem alguem falando em Português com o Thomas, ele fala em Português também, falando como um bebê como um adulto faz quando quer agradar, o que é curioso pois não fazemos isso. Se ele está sozinho com o Thomas ou se é eu falando com o Thomas, então ele fala em inglês. E ele tem sido bem participativo, orgulhoso da força do irmão sobretudo no reflexo palmar.

Facebook Comments

Post Author: mario