Como usar o TOLL-BY-PLATE na Flórida com carro alugado

Tal como no Brasil possuímos formas eletrônicas de cobrança de pedágio, como o Sem Parar, nos EUA também existem inúmeras empresas que exploram este serviço. Como aqui, você compra um “tag”, cola no para-brisa e sai usando. Mas lá não tem cancela, o que faz todo o sentido já que é para ser sem parar.

TOLL-BY-PLATE Flórida
TOLL-BY-PLATE Flórida

Mas existe ainda a opção do TOLL-BY-PLATE no estado da Flórida (e em outros estados também mas com regras diferentes e outros nomes de serviço).

Afinal, o que é o TOLL-BY-PLATE?

O TOLL-BY-PLATE nada mais é que um mecanismo que checa a placa do veículo e envia a conta do pedágio posteriormente. Nos EUA, os residentes recebem a conta posteriormente. No caso de carro alugado, a maioria das locadoras possui já um acordo específico, e pode-se usar o TOLL-BY-PLATE pagando o valor do pedágio mais uma tarifa administrativa.

Mas atenção para dois pontos:

  1. O TOLL-BY-PLATE não substitui o tag, como por exemplo, o SunPass. Ou seja, ele não vai funcionar onde está escrito que é para SunPass. O que vai vir ao invés da conta é uma multa. O TOLL-BY-PLATE apenas funciona onde está explicitamente indicado que a cobrança também é feita por TOLL-BY-PLATE. Para quem tem o SunPass a cobrança é feita pelo tag. No caso, atualmente o único lugar em que o TOLL-BY-PLATE funciona é entre Florida City e Miramar, na Homestead Extension of Florida’s Turnpike, ou seja, no caminho principal de Miami para Florida Keys
  2. A tarifa administrativa varia de locadora para locadora, podendo ser absurdamente alta, principalmente em casos onde o seu contrato com a locadora não previa o uso.

Por todas as minhas pesquisas com as empresas e blogs brasileiros e internacionais, uma das melhores locadoras nesse quesito é a Alamo. Você não precisa pedir nada. Se precisar usar o TOLL-BY-PLATE, a cobrança vem depois no seu cartão de crédito.

Cobrança veio de  acordo com o especificado no site na época
Cobrança veio de acordo com o especificado no site na época

Mas cabe lembrar que ao alugar um carro na Flórida, a maioria já vem com o SunPass. Porém, caso tenha alugado o veículo em outro Estado (no nosso caso alugamos na Carolina do Norte), ele não terá o SunPass e se você for para um lugar como Key West, por exemplo, será obrigado a usar o TOLL-BY-PLATE, pois não é uma opção. Não há cabines de pedágio neste trecho da rodovia. Apenas sensores para captar os tags e as placas. Ninguem pode parar sob nenhuma hipótese, pois há grande risco de acidente.

Porém, se essa é a regra geral para veículos dos EUA em um pequeno trecho da Florida, para clientes da maioria das principais locadoras a regra parece ser outra. A princípio, qualquer pessoa com um carro alugado na Hertz, Advantage, Firefly, Sunshine, Penske, Ryder, Dollar, Thrifty, Avis, Budget, National, Alamo e Enterprise pode fazer uso não somente do trecho especificamente designado como TOLL-BY-PLATE como também usar as cabines de pedágio SunPass Only, E-Pass Only e LeeWay Only e as pistas expressas (express lanes) SunPass/E-Pass Express Lanes. Ao menos, isso é o que diz o site do TOLL-BY-PLATE e SunPass. E ainda usar em vários outros estados americanos.

E a paisagem valeu a pena - Islamorada
E a paisagem valeu a pena – Islamorada

Se por um lado o uso é muito prático, por outro as informações são extremamente confusas. Os sites são confusos e muitas vezes parecem ter informações discrepantes entre si. Nenhum funcionário da Alamo era capaz de me explicar como funcionaria o TOLL-BY-PLATE. Eles me disseram que isso não funcionaria e que seria melhor parar nas cabines e pagar com dinheiro e que tal trecho apenas com TOLL-BY-PLATE não existia. Funcionários das cabines de pedágio também não sabiam explicar. Por fim, eram tão poucos pedágios e sem fila que no nosso caso não arriscamos. Pagamos manualmente os pedágios na Florida Turnpike entre Orlando e Miami. Até chegarmos no trecho entre Florida City e Miramar. Fiquei com receio de taxas administrativas abusivas como li em vários fóruns, mas o que veio posteriormente foi exatamente o que dizia o site. Mas como não sabia, em Key Largo comprei em uma lojinha de informações turísticas um SunPass Mini pelo preço oficial, $5, pensando na volta para Miami. Foi muito fácil cadastrar por telefone e fazer um crédito inicial por cartão de crédito, mas isso vou deixar para outro post.

Para retirar a fatura pela Alamo, você pode usar este link.

Facebook Comments

Post Author: mario