A escolha da madrinha

Durante um bom tempo antes do Arthur nascer, pensamos muito sobre a questão dos padrinhos.
Não foi uma escolha fácil.

Mas eu tinha alguns requisitos: tinha que ser uma pessoa que a gente realmente confia e admira, muito diferente do que víamos como o outro extremo, um parente distante para dar um “título”. Teria que ser uma pessoa que pudesse estar junto para realmente agregar no crescimento e educação de uma pessoa, logo, não daria para ser qualquer um.

Levo muito a sério a questão do padrinho ser a pessoa disponível para cuidar da criança quando precise. Um casal era a preferência, mas depois logo desistimos desse requisito, uma vez que complicaria demais.

Mas um casal não estaria proibido. Teria que ser, no entanto, um casal bem estável, preferencialmente já casado. Não poderia ser aquele tipo de casal de namorados que a gente sabe que não dá muito bem certo.

Eu também não queria gente muito próxima da família, como nossos irmãos ou nossos pais. Acho que a escolha de padrinhos é uma oportunidade de trazer para dentro da sua família alguem que você gosta e admira.

Um outro requisito, que temíamos existir, felizmente não havia: ter que ser da mesma religião (somos da religião luterana, IECLB).

É muito comum nessa religião se ter muitos casais de padrinhos para uma mesma criança. Até cogitamos dois casais, mas por fim optamos por apenas um casal mesmo (que não é um casal em si).

Escolhemos pessoas que sempre estiveram por perto nos últimos anos. Meu primo Tiago e a nossa amiga Alice.

Batizado do Arthur
Batizado do Arthur

E hoje é aniversário da madrinha, então escrevo esse post também para homenageá-la.

A Alice estudou Sistemas de Informação comigo na UFSC. Entramos no primeiro ano do curso, 2000, segunda turma e nos formamos juntos. Depois que conheci a Cleu elas formaram uma grande amizade entre si, e desde a formatura é uma amiga que não só sempre demonstrou muito carinho, mas também sempre respeitou e cuidou muito do amizade, estando sempre presente em nossos convites e sempre nos convidando para alguma coisa. Então Alice, por isso quizemos você como madrinha do Arthur, e estamos muito contentes pois tem cumprido muito bem o seu papel. 🙂

Um feliz aniversário e tudo de bom!

Facebook Comments

Post Author: mario