A escolha da dinda – por Alice Correa

Aqui quem fala é a Alice a dinda do Arthur. Fiquei muito emocionada em ser convidada para ser madrinha. Na realidade eu não esperava. Para começar, vou falar a respeito de como conheci os pais do Arthur, o Mário e a Cleu.

O Mário fazia faculdade comigo. Nunca vou esquecer que um dia encontrei o Mário e a Érika (outra amiga minha japonesa), na biblioteca, e pensei: “ah esses japoneses CDFs” (não querendo lembrar que eu também estava na biblioteca e que também sou CDF).No final da faculdade sempre que o trabalho era em quatro pessoas, já tínhamos sempre grupo formado: Eu, a Érika, o Rodison e o Mário.

Não lembro o dia exato que conheci a Cleu, mas lembro que tivemos um maior contato no churrasco de final de ano da faculdade, Lembro que rimos muito. Adoro o bom humor e a risada da Cleu.

 

Simpatizamos desde o início.

Naquele dia saímos mais tarde do churrasco, e como só o Mário tinha carro, foram o Mário e a Cleu na frente e o Rodison, a irmã dele e eu na caçamba da caminhonete. O dia tinha sido muito legal e o céu estava lindo; ir deitada na caçamba foi uma aventura.

Nunca perdi o vínculo de amizade com o casal. Nos víamos sempre em aniversários e sempre fazíamos programinhas de casal. foto 3

Fui convidada para ser madrinha no chá de fraldas. Aceitei muito feliz, quase não acreditando. Eu não esperava. Beijei muitas vezes a barriga da Cleu.

foto

Eu imagino como essa escolha seja difícil. Acho que para ser madrinha tem que ser referência para o neném.

Há quem diga que tem que ser dinda(o) quem quer ser dinda(o), ou seja, quem mais se oferece. Acho uma opinião válida pois tem uma tia minha que tem mágoas da madrinha, que nunca parecia se importar com ela.

foto 1

Eu imagino que o fato da família dos dois morarem fora tem uma influência grande na decisão, pois é uma ótima forma de aumentar a família.

O dindo é o primo do Mário, o Tiago. Eu acho o dindo um homem muito carinhoso com o Arthur além de ser trabalhador, empreendedor e ético. Um bom exemplo, uma ótima escolha. É lindo ver ele e o Arthur juntos.

Foi realmente como um presente para mim, que ainda não tenho filhos, poder participar e estar perto do Arthur, e também fazer parte da família do meu querido casal de amigos.

Obrigada 😀

Facebook Comments

Post Author: mario